Find the last offers by SkyBet at www.bettingy.com BettingY.com Bonuses

Orixás

Oxalá

Oxalá

Jesus Cristo na Umbanda é Oxalá, o nosso Pai Maior, o maior dos Orixás, traz a paz, sabedoria e ...
Iemanjá

Iemanjá

A rainha do mar é a mãe de todos os Orixás, é o trono feminino da geração, a protetora dos ...
Xangô

Xangô

Xangô é o Orixá da justiça e da sabedoria, simboliza a lei de causa e efeito, responsável a dar a ...
Ogum

Ogum

Orixá guerreiro, Ogum é aquele que representa todas as batalhas da vida. Representado por São ...
Iansã

Iansã

Iansã é a Orixá dos ventos e das tempestades. Rainha dos raios, é responsável pelas ...
Oxossi

Oxossi

Oxóssi é o Orixá conhecido como senhor dos caboclos e das matas. É o caçador de almas de homens e ...
Oxum

Oxum

Oxum é a Orixá que domina as mulheres, orixá da fertilidade, do amor e do ouro. Protetora das ...
Nanã

Nanã

Orixá mais velho do panteão africano, que nenhuma pesquisa conseguiu identificar suas origens. Dona ...
Omulu

Omulu

Orixá da saúde, atua sobre os doentes, hospitais e cemitérios. Senhor da morte e das doenças, ...
  • Oxalá
  • Iemanjá
  • Xangô
  • Ogum
  • Iansã
  • Oxossi
  • Oxum
  • Nanã
  • Omulu
  • Oxalá

    Jesus Cristo na Umbanda é Oxalá, o nosso Pai Maior, o maior dos Orixás, traz a paz, sabedoria e superioridade espiritual.

    Sua imagem está no centro do congá de quase todos os terreiros de Umbanda.

    Oxalá é o maior Orixá da Umbanda, estando abaixo apenas de Olorum (Zambi), Deus Supremo. Foi criado a partir do ar, que havia no início dos tempos, e das primeiras águas, pelo mesmo Deus Supremo, Olorum (Zambi). Representado por uma estrela de cinco pontas, é sincretizado como Jesus Cristo e representa a paz e a fé. Na umbanda, sua tarefa foi a de criação do ser humano. Ele envia vibrações que estimulam a fé individual, assim como irradiações que geram sentimentos de religiosidade. É aquele que determina o fim da vida de cada ser humano, é o momento de partir em paz. Representa o amor, bondade, pureza espiritual, e tudo aquilo que indica positividade.

    Cores: branco e cristalino

    Habitat: praia deserta ou colina

    Data comemorativa: 25 de dezembro

    Dia da Semana: Sexta- Feira

    Sua saudação: Êpa, Êpa Babá, Oxalá! (Viva o Pai)

  • Iemanjá

    A rainha do mar é a mãe de todos os Orixás, é o trono feminino da geração, a protetora dos marinheiros, pescadores, das viagens pelo mar, e também sobre toda a flora e fauna marinhas. E além disso, atua no amparo à maternidade, rege de forma absoluta o lar e a família. Dona dos mares e oceanos, águas essas que, através de sua força, tem o papel de devolver vibrações e trabalhos, pois creem que o mar devolve tudo que nele for jogado e vibrado. Ela é o exemplo de mãe que nunca desampara seus filhos e ajuda a qualquer pessoa.

    Filhos de Iemanjá
    Maternais e impotentes, os filhos de Iemanjá são pessoas dignas, majestosas e fecundas. Não perdoam facilmente uma ofensa, e quando perdoam, nunca esquecem. Com o rigor de uma mãe, às vezes podem parecer arrogantes. Apreciam ambientes confortáveis e mesmo quando pobres, mantem um certo nível de sofisticação em seus lares. Amizade e companheirismo são características fundamentais.

    Cores: azul claro, branco e prata
    Habitat: calunga grande (mar)
    Data comemorativa: 15 de agosto
    Dia da semana: sexta-feira
    Saudação: Odoiá!

  • Xangô

    Xangô é o Orixá da justiça e da sabedoria, simboliza a lei de causa e efeito, responsável a dar a quem merece o devido castigo e a vitória aos que foram injustiçados. É quem dá solução às pendências. A maioria dos seguidores que recorrem ao Xangô são os que sofrem de injustiças, perseguições espirituais e materiais. Desse Orixá, emanam também o saber e a autoridade, é o protetor de todos que tem contato com as práticas da lei.

    Cores: marrom
    Habitat: pedreiras, grutas de pedras
    Data comemorativa: 30 de setembro
    Dia da semana: quarta-feira
    Saudação: Kaô Cabecilê!

    Filhos de Xangô
    Teimosos, impulsivos e conquistadores, os filhos de Xangô dificilmente aceitam opiniões contrárias às suas e estão sempre fazendo seus julgamentos e executando suas leis. São voluntariosos, enérgicos e possuem uma elevada autoestima. São conscientes de sua importância e suas opiniões serão decisivas em qualquer discussão.

  • Ogum

    Orixá guerreiro, Ogum é aquele que representa todas as batalhas da vida. Representado por São Jorge, é o orixá protetor contra as guerras e contra diversas demandas espirituais; Ogum é a força do movimento. É ele quem protege os seguidores da Umbanda e as pessoas que sofrem perseguições espirituais ou materiais. Ogum também é o senhor das estradas, é a jornada do dia a dia e sua responsabilidade é a manutenção da lei e da ordem.

    Cores: vermelho e branco
    Habitat: Campo Aberto ou Estradas
    Data comemorativa: 23 de abril
    Dia da semana: terça-feira
    Saudação: Ogunhê!

    Filhos de Ogum
    Os filhos de Ogum geralmente não se mantem fixos em apenas um lugar, portando gostam de viagens, do novo, de mudanças. Apreciam a tecnologia, são curiosos e resistentes. Cheios de vontade, podem ser violentos. Sabem dar respostas de prontidão e tem grande capacidade de concentração. Coragem e franqueza são características absolutas.

  • Iansã

    Iansã é a Orixá dos ventos e das tempestades. Rainha dos raios, é responsável pelas transformações e pelo combate à feitiçarias feitas aos seus seguidores. Guerreira, é conhecida também como guardiã dos mortos, pois exerce domínio sobre os eguns. A força de sua magia afasta todas as influências do mal e negativas, pois tem o poder de anular os males e cargas de enfeitiçamento.

    Cores: Coral
    Habitat: bambuzal
    Data comemorativa: 04 de dezembro
    Dia da semana: quarta-feira
    Saudação: Eparrei Bela Oyá!

    Filhos de Iansã
    São pessoas extrovertidas, diretas, atiradas. Jamais escondem seus sentimentos, seja na alegria ou na tristeza. Se entregam as paixões e de repente partem pra outra. São desprendidos a pessoas e a coisas materiais.
    São autoritários e possessivos, seu gênio é forte e seu humor muda repentinamente sem que ninguém esteja preparado para isso. São explosivos como uma tempestade mas podem ser calmos como uma brisa, depende do seu humor! Os filhos de Iansã nunca passa desapercebido.

  • Oxossi

    Oxóssi é o Orixá conhecido como senhor dos caboclos e das matas. É o caçador de almas de homens e dele emana altivez. Encoraja e dá segurança a todos seus seguidores; protetor dos animais, é conhecido por aliar sua grande força com o bom senso. Assim como Ogum, é um lutador, grande guerreiro, está sempre pronto para defender aqueles que se colocam sob sua guarda.

    Cores: verde
    Habitat: mata fechada
    Data comemorativa: 20 de janeiro
    Dia da semana: quinta-feira
    Saudação: Okê Arô!

    Filhos de Oxóssi
    Os filhos de Oxóssi são pessoas mais fechadas e reservadas. Gostam de apreciar a natureza e geralmente são muito desconfiados, mas quando confiam, são amigos para todos os momentos. São trabalhadores e conseguem manter a mesma expressão, estando felizes ou tristes, pois dificilmente exteriorizam seus sentimentos. São sempre notados, mesmo que não se esforcem para que isso aconteça.

  • Oxum

    Oxum é a Orixá que domina as mulheres, orixá da fertilidade, do amor e do ouro. Protetora das gestantes e da juventude, é a senhora das águas doces. Representa a beleza e a pureza, a moral e o modelo de mãe. Muitas vezes é evocada em prol da limpeza fluídica dos seguidores e do ambiente dos templos. Segundo a Umbanda.

    Data comemorativa: 08 de dezembro
    Dia da semana: sábado
    Saudação: Ora iêiê ô!
    Cores: azul escuro ou amarelo ouro
    Habitat: cachoeira, rios e lagos

    Filhos de Oxum
    Os filhos de Oxum amam espelhos (a figura de Oxum carrega um espelho na mão), jóias, ouro e se mostram sempre de forma impecável. Tratam as pessoas com um carinho maternal e são muito sentimentais e românticos. O próprio lar é o lugar preferido dos filhos de Oxum.

  • Nanã

    Orixá mais velho do panteão africano, que nenhuma pesquisa conseguiu identificar suas origens. Dona da alma do fundo dos rios, lama esta que serviu para modelar os homens, é misteriosa e também possui forte relação com a morte; pois é o nascimento, a vida e a morte. Nanã é uma expressão que significa “Mãe” em diversos dialetos na África, portanto, Nanã é a mãe do destino.

    Cores: roxo
    Habitat: calunga pequena (cemitério)
    Data comemorativa: 26 de julho
    Dia da semana: terça-feira
    Saudação: Saluba Nanã!

    Filhos de Nanã
    Os filhos de Nanã são calmos, gentis, benevolentes e agem como se tivessem a eternidade toda para tal. Tendem a viver do passado, gostam de crianças e gostam de educar com extrema doçura, assim como as avós. São pessoas que, tanto no aspecto físico como no aspecto psicológico aparentam ter mais idade. São teimosas e às vezes podem ser ranzinzas, porém agem com segurança e equilíbrio.

  • Omulu

    Orixá da saúde, atua sobre os doentes, hospitais e cemitérios. Senhor da morte e das doenças, costuma ser muito temido, porém da mesma forma que traz a doença, ele leva embora também. Muito respeitado, é um orixá exigente e grande feiticeiro. Omulú é a manifestação idosa de Obaluaiê. Os médiuns ao manifestarem a presença de Omulú, se curvam aproximando-se o máximo da terra, do chão. Representa a transformação do ser, morrer para o pequeno e renascer para o grande.

    Cores: preto e branco
    Habitat: calunga pequena (cemitério)
    Data comemorativa: 16 de agosto
    Dia da semana: segunda-feira
    Saudação: Atotô Obaluaê!

    Filhos de Omulú
    São teimosos, sérios, misteriosos e discretos. Não acreditam em alma gêmea, e sim no companheirismo e na cumplicidade, as vezes são pessoas doces.
    São prestativos, sábios, tensos e trazem o dom da cura. Costumam ser consultados para decisões importantes. Com resposta na ponta da língua, os filhos de Omulú não levam desaforo para casa.

  • Oxalá
  • Iemanjá
  • Xangô
  • Ogum
  • Iansã
  • Oxossi
  • Oxum
  • Nanã
  • Omulu

Gostou da postagem? Compartilhe no Facebook, Google+, Twitter ou em outras redes sociais.

rodape